Cientes do enorme potencial das terras de Cantanhede para a produção de vinhos de qualidade superior, em 1954 um conjunto de 100 agricultores funda a Adega Cooperativa de Cantanhede.



Contando hoje com cerca de 700 viticultores associados activos e uma produção média anual de 6 a 7 milhões de quilos de uva, esta Adega é o principal produtor da Região Demarcada da Bairrada, representando 30 a 40% da produção global da região e certifica cerca de 80% da sua produção, sendo líder destacado nas vendas de vinhos DOC Bairrada e IG Beira Atlântico.



A defesa das castas autóctones da região – Baga, Bical e Maria Gomes – bem como a inclusão no encepamento de outras castas nobres portuguesas (Touriga Nacional, Tinta Roriz, Cerceal e Arinto) mas também de castas internacionais adaptadas ao terroir da região (Cabernet Sauvignon, Syrah, Merlot e Chardonnay), confere aos seus vinhos um carácter único, que permite afirmar que os mesmos não são apenas mais um vinho, mas um valor acrescentado que se baseia em novos aromas e sabores.



O reconhecimento da enorme competitividade existente no mercado nacional e internacional e a permanente preocupação com a qualidade e segurança alimentar dos seus vinhos, conduziu nos últimos anos à modernização das suas infra-estruturas e obtenção da certificação pela norma ISO 9001:2008 e ISO 22000:2005. Nos últimos anos tem desenvolvido vários projectos de I&D na área da viticultura de precisão e enologia, em parceria com várias entidades científicas, nomeadamente o BIOCANT e IPN - Instituto Pedro Nunes de Coimbra.



O seu portfólio inclui uma ampla gama de produtos. Em tinto, branco e rose os seus vinhos vão desde os vinhos de mesa até vinhos Premium (DOC, Reserva e Grande Reserva). Acresce ainda uma vasta gama de espumantes DOC, Aguardentes e Vinhos Fortificados. É um portfólio que, graças à sua diversidade, é capaz de atender a diferentes segmentos de mercado, com diferentes graus de exigência em qualidade, que resulta na presença dos seus produtos em cerca de 20 países.



O grau de reconhecimento da qualidade dos seus produtos vem sendo confirmado pelos prémios atribuídos, graças à participação permanente em concursos nacionais e internacionais, que se salda já em algumas centenas de prémios. Nos últimos 6 anos (2010-2015) os seus vinhos e espumantes DOC Bairrada foram laureados, entre outros prémios e distinções, com mais de 250 medalhas nos mais prestigiados concursos internacionais e nacionais, com especial destaque para o IWSC Londres, Mundus Vini – Alemanha, Monde Selection – Bélgica, Concours Mondial de Bruxelles, Seléctions Mondiales des Vins - Canada, Effervescents du Monde – França e Berliner Wein Trophy – Berlin, sendo que não raras vezes se apresentam como os únicos vinhos e/ou espumantes DOC Bairrada laureados nos referidos concursos.



Em 2012 a Adega de Cantanhede recebeu o prémio “Adega Cooperativa do Ano 2011” no âmbito da iniciativa “Os Melhores do Ano” da prestigiada Revista de Vinhos, considerados como os “Óscares do Vinho em Portugal”. A mesma revista atribuiu em 2015 ao nosso Enólogo, Osvaldo Amado, o prémio “Enólogo do Ano 2014”.



Em 2014 foi galardoada com o Prémio W "Melhor Produtor de Espumantes 2013", atribuído por um dos mais reconhecidos críticos de vinhos em Portugal - Aníbal Coutinho.



Em 2015 a Adega de Cantanhede foi incluída no TOP 100 dos Melhores Produtores Mundiais de Vinho, pela WAWWJ – Associação Mundial dos Jornalistas e Críticos de Vinho e Bebidas Espirituosas.





ADEGA DE CANTANHEDE EM NÚMEROS




Ano de Fundação: 1954


Nº de Funcionários: 41


Área de Vinha: 1.000 hectares


Nº Associados activos: 700


% Produção da Bairrada: cerca de 40%    


Exportação: 20% Vol. Negócios


Exporta para cerca de 20 países com destaque para: Canadá, Japão, Alemanha, Rússia, França, Brasil, Finlândia, Suíça, China e EUA


Peso das vendas de DOC e IG: 70% (no mercado externo este valor é de quase 90%)


Nº Medalhas conquistadas desde 2010: >250



Apresentação

Cientes do enorme potencial das terras de Cantanhede para a produção de vinhos de qualidade superior, em 1954 um conjunto de 100 agricultores funda a Adega Cooperativa de Cantanhede.

1954

É fundada a Adega Cooperativa de Cantanhede por um conjunto de 100 agricultores.

1958

As instalações da Adega Cooperativa de Cantanhede são oficialmente inauguradas pelo então Secretário do Estado da Agricultura.

1958-2010

Durante estes 52 anos, a Adega Cooperativa de Cantanhede conheceu um crescimento assinalável, modernizou as suas instalações, obteve a certificação pela norma ISO 9001:2008 e ISO 22000:2005 e tem vindo a tem vindo a desenvolver vários projectos de I&D na área da viticultura de precisão e enologia.

1997

Neste ano foi, pela primeira vez, apresentado ao mercado o Marquês de Marialva Baga Reserva: um monovarietal desta casta única, que a nossa Adega sempre defendeu e promoveu, como assinatura incontornável da região da Bairrada. A colheita era do icónico ano de 1995. Apresentado ao júri do exigente Challenge International du Vin (França), este vinho é laureado com Medalha de OURO, tornando-se assim o primeiro monovarietal de uma casta Portuguesa medalhado com Ouro num concurso internacional de reconhecido prestígio. Estavam abertas as portas para a crescente afirmação das castas Portuguesas como património único e diferenciador dos vinhos Portugueses no panorama internacional. Até hoje este vinho continua a ser um ícone inquestionável do nosso portfólio.

2012

No ano 2012, a Adega de Cantanhede recebeu o prémio “Adega Cooperativa do Ano 2011” no âmbito da iniciativa “Os Melhores do Ano” da prestigiada Revista de Vinhos, considerados como os “Óscares do Vinho" em Portugal.

2012-2014

Ao longo da sua história, a Adega Cooperativa de Cantanhede tem testemunhado o reconhecimento da qualidade dos seus produtos com a atribuição de inúmeros prémios. Só nos últimos anos, os seus vinhos e espumantes DOC Bairrada foram laureados com mais de 200 medalhas nos mais prestigiados concursos internacionais e nacionais.

2015

No ano de 2015, Osvaldo Amado, Enólogo da Adega Cooperativa de Cantanhede, é considerado “Enólogo do Ano 2014” pela Revista de Vinhos na sua edição “Os Melhores do Ano” e no âmbito dos Prémios W By Aníbal Coutinho. Também neste ano, a Adega Cooperativa de Cantanhede é considerada o 95.° melhor produtor de vinhos do mundo pela WAWWJ - World Association of Writers and Journalists of Wine and Spirits (Associação Mundial de Críticos e Jornalistas de Vinhos e Espirituosos). Entre os 100 melhores produtores do mundo neste ranking, apenas 7 são portugueses. Este ano marca ainda a renovação da presença digital da empresa.